Educação

Governo de Venâncio Aires conclui compra de mais de R$ 1 milhão em notebooks

Mais R$ 1 milhão será investido na compra de computadores de mesa de alto desempenho para as secretarias

Redação

Publicado quinta-feira, 02/12/2021, às 19:01

Compartilhar

A Secretaria de Educação de Venâncio Aires não está investindo apenas em um supercarro neste ano de 2021 – relembre mais abaixo. Nesta semana, a prefeitura assinou o contrato de aquisição de 220 supercomputadores para reforçar a rede de ensino infantil e fundamental da Capital do Chimarrão. Cada notebook vai custar R$ 5.125, totalizando investimento de R$ 1.127.500.

O preço a ser pago pelo governo de Venâncio está mais de R$ 1 mil abaixo do valor médio deste tipo de computador no varejo. Os notebooks, adquiridos de uma empresa de Porto Alegre, são equipados com tela de 14 polegadas full HD, Windows 10 Pro 64 bits, teclado à prova de líquidos, memória de acesso rápido, bateria com autonomia de 13 horas, entre outros itens.

De acordo com documentos públicos acessados nesta quinta-feira (2) pelo Portal Significa, 99 notebooks serão destinados às escolas municipais de educação infantil, 109 irão para as escolas municipais de ensino fundamental e 12 deles vão equipar a Secretaria Municipal de Educação.

Mais 140

Nesta quinta-feira o governo de Venâncio Aires publicou licitação para comprar pelo menos 140 computadores de mesa, com teclado, monitor e mouse. Cada equipamento tem preço estimado de R$ 6,8 mil. O valor total do investimento será de R$ 1,022 milhão. De acordo com documentos da licitação, os computadores suprirão as necessidades das secretarias municipais.

Cada computador contará com memória RAM de pelo menos 8 GB, monitor de LED, memória de acesso rápido e Windows 10 Professional 64 bits ou superior. A sessão pública do pregão eletrônico será no dia 17 de dezembro, às 10h.

Relembre

Na metade de outubro deste ano, o governo de Venâncio Aires lançou uma licitação para comprar uma caminhonete de cabine dupla para a Secretaria de Educação. O custo estimado do veículo era de R$ 250 mil. De acordo com o termo de referência, a caminhonete (modelo 2022) precisava ter motor a diesel 2.8 litros, tração 4 x 4, seletor eletrônico de tração, kit multimídia, câmbio automático de seis marchas, entre outros itens.

O carro só não foi comprado ainda porque nenhuma proposta ficou dentro do preço de referência. Apenas um fornecedor se interessou pelo certame, em 3 de novembro, mas ofereceu uma Chevrolet S10 por R$ 300 mil e não comprovou um dos requisitos documentais para participar da licitação, que acabou fracassada.

Compartilhar

Colabore com o jornalismo independente

Para doar qualquer valor, a nossa chave pix é o e-mail [email protected].

© Significa Comunicação Digital / 2019-2023

bravo